top of page
  • Foto do escritorAnula Multa

Gasto de combustível: 6 dicas para economizar

Atualizado: 26 de set. de 2023

Gestores de empresas com frotas de veículos, uma hora ou outra, vão se deparar com dificuldade ao tentar controlar os gastos com abastecimento da frota. Não importa se sua frota seja de caminhões, carros e motos, ou se o combustível mais utilizado é a gasolina, o álcool, o gás natural ou o diesel. Os preços variam muito com o tempo, e cada veículo possui suas particularidades. Como, então, um gestor pode gastar menos com combustível e ainda assim manter uma boa produtividade de sua frota?


Saiba que economizar na gasolina, diesel, gás ou álcool dos veículos é possível! E tudo isso sem comprometer a produtividade ou a eficiência de suas operações. Veja como fazer isso no texto abaixo.


Como calcular o consumo de combustível dos veículos da sua frota?


A primeira coisa que você precisa saber, antes de passar para qualquer ação relacionada ao controle dos gastos, é saber como está o consumo de combustível de cada carro, caminhão, moto ou outro veículo de sua frota.


O cálculo, em si, é bastante simples: ao dividir a distância percorrida pela quantidade de combustível usado, você descobre quantos quilômetros/litro aquele determinado veículo consegue percorrer.


O ideal é que você acompanhe a variação deste número com o passar do tempo, minimizando a interferência de alguns fatores externos que alteram consideravelmente o resultado (se você está rodando em uma estrada ou na cidade, por exemplo).


Veículos mais modernos normalmente mostram a quilometragem/litro de combustível em seus painéis multimídia, o que facilita o trabalho. Para os mais antigos, a conta precisa ser feita manualmente.


Tenha um controle completo dos gastos de cada veículo


Independentemente de como você consiga levantar os resultados de km/l, é importante que você tenha um controle desses dados para todos os veículos da sua frota. É essa informação que vai ajudá-lo a encontrar desvios e tomar decisões para economizar custos.


Você pode, por exemplo, levantar essas informações e cadastrá-las numa planilha de Excel para realizar um acompanhamento mensal, verificando se algum veículo está gastando mais ou menos. Uma opção mais eficiente é ter um software de gestão de frota de veículos para realizar este trabalho de forma automatizada, permitindo maior controle e muito mais facilidade na tomada de decisões.


6 dicas para economizar com o combustível da sua frota

Agora já sabemos da importância de acompanhar a eficiência energética de seus veículos. E, ao realizar este trabalho, você muito provavelmente vai encontrar algum gasto desnecessário ou fora do padrão. Por exemplo, um caminhão que está gastando muito mais combustível em comparação a outro do mesmo modelo e ano. Ou um motorista que, quando está ao volante, faz com que o carro gaste consideravelmente mais gasolina.


A boa notícia é que existem algumas ações que você pode colocar em prática para evitar esses problemas ou corrigi-los quando estão acontecendo. Para isso, vamos passar por 6 dicas que vão ajudar os gestores de frota a controlarem os gastos com combustível de seus veículos.


1. Fique atento à condição dos veículos: peso da carga, calibragem dos pneus, quilometragem...


Medidas simples, como calibrar os pneus dos veículos pelo menos a cada 15 dias, podem ser fundamentais para economizar combustível. Outra dica importante é estar atento a outros detalhes, como o peso (especialmente se falamos de uma frota de caminhões, que precisa carregar grandes cargas) e a quilometragem. Veículos com alta quilometragem, por exemplo, costumam ser menos eficientes e apresentam maior gasto de combustível por quilômetro.


2. Faça as manutenções preditivas nas datas certas.


Não realizar uma manutenção preditiva hoje pode parecer uma boa economia. Mas a verdade é que adiar manutenções pode gerar grandes despesas no futuro, seja com problemas de mecânica ou com a redução na eficiência energética. Por isso, faça as manutenções de todos os seus veículos na data indicada!


3. Treine seus colaboradores constantemente em boas práticas de trânsito.


Gastar pouco ou muito combustível não é algo que está ligado apenas às condições dos veículos. A forma como os motoristas dirigem também impacta – e muito – na eficiência energética de sua frota. Realizar muitas frenagens ou acelerações bruscas, abusar na velocidade máxima, deixar o veículo ligado quando está parado, deixá-lo em marcha lenta... todas essas práticas, comprovadamente, gastam o combustível do carro, caminhão ou moto de maneira desnecessária.


Portanto, é fundamental que você invista na capacitação de seus colaboradores, aplicando treinamentos periódicos sobre boas práticas na direção. Ferramentas de rastreamento veicular são uma outra opção para ajudá-lo a encontrar práticas não recomendadas e corrigi-las imediatamente.


4. Planeje as rotas e horários.


Imagine que um motorista de sua frota precise cruzar a cidade para realizar um serviço. Ele tem a opção de sair às 08h00, que é o horário de maior pico de trânsito, ou às 10h00, um período com bem menos carros nas ruas, sem prejudicar a sua rotina ou outras atividades. Escolher sair às 10h00 faz muito mais sentido, não é?


Fazer um bom planejamento dos horários das viagens e das rotas que serão utilizadas aumenta a produtividade, diminui o tempo em trânsito de seus colaboradores e ainda economiza combustível. Às vezes, uma rota um pouco mais longa em distância pode ser muito mais rápida e efetiva em gasto de combustível. Por isso, esteja atento a esses detalhes e faça um bom planejamento das rotas e horários das viagens de seus motoristas.


5. Evite veículos ociosos.


Carros, motos ou caminhões de frota que ficam muito tempo ociosos costumam ter desempenhos ruins no gasto de combustível. A dica é fazer um bom planejamento e aproveitar seus veículos de forma equilibrada, sem utilizar demais ou subutilizar nenhum deles.


6. Faça parceria com postos de combustíveis.


Outra ótima opção é encontrar um posto de combustíveis de confiança, que você sabe que oferece boa qualidade e preços competitivos, e firmar uma parceria para conseguir descontos. Isso evita que motoristas abasteçam em locais com combustíveis adulterados, o que no longo prazo prejudica consideravelmente o funcionamento do veículo, e ainda facilita o seu controle dos gastos com gasolina, álcool, gás ou diesel ao longo do tempo.


Faça a gestão de frota de veículos com a Anula Multa


Gestores e donos de empresa com frota de veículos devem sempre estar atentos aos gastos com combustível. Mas há várias outras situações que precisam ser monitoradas constantemente para economizar os custos das frotas, como as multas de trânsito recebidas, a pontuação da CNH dos motoristas e etc. Existem, inclusive, alguns sinais de alerta que mostram que a gestão de frota de veículos da sua empresa precisa melhorar!


Para aumentar a eficiência de sua empresa e reduzir os custos, investir em um gerenciador de frotas é uma ótima opção. A Anula Multa conta com um gerenciador de frotas automatizado que organiza as informações mais importantes dos seus veículos e colaboradores, ajudando os gestores na tomada de decisões.


Graças ao gerenciador de frotas da Anula Multa, é possível diminuir os gastos com multas de trânsito, pagando os valores com antecedência e preparando um recurso de multa ou defesa de autuação de trânsito quando as penalidades são indevidas ou possuem erros processuais. Você pode entrar em contato com a gente agora mesmo para fazer um teste gratuito da nossa solução!


Além disso, você pode ganhar prêmios exclusivos ao indicar o gerenciador de multas da Anula Multa a outros gestores de frota, ajudando-os a economizarem com multas de trânsito de maneira 100% digital. Quanto mais pessoas indicadas, maiores os prêmios. Para conhecer mais sobre nosso programa de indicação, clique aqui (neste link, você também já pode preencher o formulário para enviar sua indicação e aproveitar as recompensas!).



32 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page