top of page
  • Foto do escritorAnula Multa

Como a gestão de frota pode colaborar com a redução de acidentes de trânsito?

Várias adversidades são comuns na rotina de empresas que administram frotas de veículos, sejam elas frotas de caminhões ou veículos leves. E uma das situações mais difíceis para os gestores de frota são os acidentes de trânsito, que podem causar enormes perdas pessoais, financeiras e de imagem.


Acidentes de trânsito são uma realidade nas estradas e todo condutor está sujeito a passar por esta situação, seja ele um motorista profissional ou não. Mas existem diversas medidas que as empresas com frotas de veículo podem implementar para diminuir as chances de acidentes, ou ao menos para que os acidentes que ocorram sejam o menos grave possível.


Muitas dessas ações de mitigação de acidentes estão relacionadas a uma boa gestão de frota. A gestão de frota nada mais é que administrar os veículos da empresa de uma maneira inteligente, garantindo os melhores resultados. E gestores de frota que fazem este trabalho com eficiência não só reduzem custos e aumentam a produtividade de suas companhias, mas também diminuem os índices de acidentes de trânsito!


Passaremos abaixo por quatro ações importantíssimas que um bom profissional da gestão de frotas precisa executar, mitigando as chances de acidentes de trânsito e assim colhendo todos os bons resultados dessa diminuição. Acompanhe!


1. Manutenções em dia

Programar as manutenções dos veículos é uma das principais tarefas da gestão de frota. Ao montar um calendário com as manutenções anteriores e acompanhar de perto a situação de cada veículo, um gestor de frota consegue realizar manutenções preventivas e preditivas, economizando recursos valiosos no futuro – já que consertar problemas causados pela falta de manutenção costuma ser muito mais caro.


E além de economizar recursos, realizar as manutenções na data e da forma correta é uma ação fundamental para diminuir os índices de acidentes nas empresas. Afinal de contas, as manutenções conseguem encontrar potenciais defeitos e corrigi-los antes que pudessem causar uma falha mecânica ou outro problema no funcionamento do veículo.


Manutenções em dia são sinônimo de veículos mais seguros, o que, por sua vez, aumenta a eficiência e a produtividade de sua empresa e melhora a segurança dos seus motoristas. Como profissional da gestão de frota, você deve estar atento ao calendário de manutenções de todos os carros, motos, caminhões ou outros veículos que estiverem sob sua administração.


2. Gerenciamento de rotas


Outra atividade muito importante no dia a dia da gestão de frotas é planejar e acompanhar de perto as rotas dos veículos. E ela também pode ajudar a reduzir o índice de acidentes na empresa.


Quando um motorista realiza um trajeto com muitos engarrafamentos, a empresa arca com vários prejuízos: o tempo perdido daquele colaborador, possíveis horas extras, gastos maiores com combustível etc. Mas, além disso tudo, o trânsito excessivo também aumenta o estresse dos funcionários e coloca mais situações de risco em seu trajeto – por exemplo, as frenagens inesperadas.


Dessa forma, um bom gestor de frotas também possui a missão de escolher boas rotas para seus motoristas, além de planejar os melhores horários de saída e retorno para evitar picos no trânsito. Esta ação pode gerar um impacto poderoso na economia de custos, na satisfação dos colaboradores e na prevenção dos acidentes.


3. Treinamento dos motoristas


Quando falamos em diminuir os índices de acidentes de trânsito, não podemos deixar de lembrar do treinamento e da conscientização dos colaboradores. De acordo com um estudo de 2020 do Ministério dos Transportes, a maior causa de acidentes de trânsito em todo o Brasil é a negligência dos motoristas.


Por mais que cuidem bem de seus veículos, gestores de frota precisam lembrar que os motoristas são os maiores responsáveis pela segurança no trânsito, seja a própria ou a dos outros condutores. Dessa forma, investir em treinamentos frequentes sobre as boas condutas de trânsito é fundamental nas empresas com frotas de veículos.


O ideal é que todos os colaboradores sejam treinados logo que ingressam na empresa e que também passem por reciclagens e novos treinamentos de conscientização ao longo do tempo. Você, como gestor de frota, precisa ter a certeza de que seus motoristas estão treinados e engajados em contribuir com a segurança no trânsito, o que certamente irá diminuir os índices de acidentes ao longo do tempo.


4. Acompanhamento dos indicadores


Para mensurar a eficiência dos treinamentos, é fundamental que as empresas com frotas de veículos invistam em ferramentas que mostrem como é a atitude de seus motoristas ao volante. Várias opções podem ser implementadas, com os mais variados custos. Você pode apostar no bom e velho “Como estou dirigindo?”, mas o ideal é investir em ferramentas que tragam uma visão mais ampla sobre a condução de seus motoristas.


Algumas empresas costumam instalar câmeras que filmam seus motoristas durante os trajetos. Outras opções são mais eficientes e menos subjetivas, digamos assim. Por exemplo, ferramentas que contabilizam as frenagens ou acelerações bruscas, excessos de velocidade, rotações por minuto e temperatura do motor, curvas acentuadas e vários outros indicadores.


Ao ter essas informações em mãos, o gestor de frota consegue entender de forma prática e precisa como seus motoristas estão dirigindo. A partir desses dados, é importantíssimo que ele trabalhe junto aos condutores para treinar pontos falhos, corrigir condutas inadequadas e descobrir e sanar dúvidas. Com um diálogo aberto com os colaboradores – e não usando essas ferramentas para causar medo –, é possível aumentar a produtividade e diminuir consideravelmente as chances de acidentes de trânsito.


Implemente a gestão de multas para economizar ainda mais!


Outra situação que costuma causar prejuízos às empresas de frota é o acúmulo de multas de trânsito. Devido ao alto volume, muitos gestores têm dificuldade de organizá-las de uma maneira eficaz, perdendo prazos e gastando muito mais que o necessário.


Foi exatamente para ajudá-lo neste trabalho que a Anula Multa desenvolveu um gerenciador de multas para empresas com frota de veículos. Por meio desta solução 100% digital, gestores de frota têm acesso a funcionalidades como: pagamento de multas com desconto, análise de dados sobre as multas e motoristas, identificação dos condutores por WhatsApp e suporte completo na preparação de um recurso de multa. Se quiser conhecer mais sobre nosso gerenciador, clique neste link e fale agora mesmo com um de nossos consultores!


Você também pode participar de nosso Programa Indique e Ganhe, que dá prêmios a quem indicar o gerenciador da Anula Multa a outros gestores de frota. Os prêmios se acumulam a cada pessoa indicada que contratar nossos serviços, começando com um Pix de R$ 200,00 e chegando até a uma viagem com acompanhante para uma praia do Ceará.


Aproveite para acumular prêmios e ajudar gestores a economizarem muito mais com multas de trânsito!





24 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page